As duas ações mais eficientes para melhorar sua vida financeira

Joseph Juran, engenheiro romeno, foi um cara bem inteligente. Com base em uma série de experimentos e teorias propostos por Vilfried Pareto, ele reconheceu e enunciou o Princípio de Pareto.

Para Juran, grande parte das consequências advém de uma pequena quantidade de causas. Não teria sido nada tão genial se não estivesse presente em tantos lugares:

Ao atingirmos um objetivo, temos uma tendência a pensar que “chegamos lá” porque corremos atrás de muitas coisas, colocamos atenção, organizamos, controlamos, esmiuçamos detalhes, atacamos mil frentes e enfim a coisa andou. É verdade em alguns casos, mas na maioria das vezes, se analisarmos com frieza, percebemos que o princípio funciona.

Uma parte imensa do nosso sucesso realmente acontece por conta de uma parte pequena dos nossos esforços.

Acompanhando a vida financeira de algumas pessoas, acabo levantando muitas propostas de melhoria, muitos pontos que poderiam ser alterados.

Apesar das possibilidades numerosas, conversando com amigos e ex-clientes e analisando alguns casos de sucesso, caí no Pareto de novo: algumas pequenas mudanças na nossa vida financeira são muito mais poderosas que outras. São elas que impulsionam melhorias significativas de verdade.

Separei duas, que se destacam tanto pela potência quanto pela versatilidade.

Este texto foi originalmente publicado no PapodeHomem. Clique aqui para continuar lendo.