Educação financeira (sozinha) não é a solução – entrevista concedida à GloboNews em 08/2018

globo.png

Comentei o resultado da pesquisa feita pelo SPC e pela CNDL sobre a utilização do cartão de crédito, na GloboNews, clique aqui para assistir a gravação.

O resultado da pesquisa é dolorido (mais aqui), e eu já vi algumas pessoas comentando que o motivo desse quadro meio torto é, com certeza, a falta de educação financeira.

Se a "solução" fosse única e exclusivamente a educação financeira, tudo seria maravilhoso – na verdade essa é uma resposta bem simplista, preguiçosa e bastante conveniente para muitas instituições. Também não acredito que surgirá uma ferramenta tecnológica incrível que vai virar o jogo do dia para a noite (seja ela uma fintech, um banco com cor diferente ou um app de celular)

A Vera Rita, principal referência em psicologia econômica do Brasil, sempre comenta sobre o quinteto fantástico:

1) psicologia econômica;
2) educação financeira;
3) defesa do consumidor;
4) poder público (regulação+sanções);
5) arquitetura de escolha.

Me parece o caminho mais coerente, mesmo que longo – cada uma dessas frentes implica em uma bela montanha de trabalho. Estamos há décadas nisso, que ingenuidade pensarmos que com meia dúzia de truques e novas frases de impacto ("revolucione sua vida financeira zzzzzzzz....") nós vamos avançar, em especial nas camadas menos abastadas, onde a situação é ainda mais complexa.

Seguimos firmes, porém. :)

eduardo antunes